segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

FASCINAÇÃO!



Este ano fiz um projeto lindo, cantei na janela da Casa dos TRovadores , para as pessoas que passavam pela rua Aimberê, todas as sextas .
Aos poucos  ,  namorados, amigos,  famílias, foram se aproximando e pegando um banquinho para sentar e cantar .
Pintei a casa, botei pipoqueiro na frente, luzinhas coloridas , clima bucólico e delicado
Um dia  ela chegou   e timidamente me pediu a música Fascinação
Na outra semana  ,   novamente o pedido,   -   Canta fascinação  !!!
Dali prá frente, todas as vezes, eu olhava prá baixo e já ia dizendo:   -  Vou cantar fascinação para uma amiga  !!!
E um dia me liga a filha dessa senhora.  Contou que  ela tinha passado por um ano depressivo e que estava outra após conhecer os Trovadores
Ela usou uma frase que nunca esquecerei:  você está curando minha mãe  !!
Pensei muito sobre tudo isso e  sei que fui importante , mas o papel dela ,  para minha vida, é muito especial
Foi uma  grande troca , nossa energia se encontrou e foi lindo .
Dona Synara  me mostrou  que estou no caminho certo, que 20 anos de Trovadores valem mais 20  e mais 20.....
Dedico meu melhor sentimento , neste momento,   a  essa senhora  simples, guerreira, amorosa, querida
Entro no ano novo cheia de vontades  e acreditando que o afeto é o maior patrimônio que a vida pode nos dar
Valeu, Dona Synara   !!

Beijos a todos

Maida

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

A SERESTA DOS NOÉIS é um sucesso!!!




Queridos amigos

A SERESTA DOS NOÉIS é um sucesso, diáriamente, de 19 às 21 horas, na Casa dos Trovadores, até o dia 23/12
Vejam o link no Youtube e compareçam !! As crianças adoram e conversam com o Papai Noel: 

http://www.youtube.com/watch?v=I-_K1lQno20

 ...Abraços Trovadores Urbanos 

 


sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Sarau do Trovadores Urbanos homenageia Ary Barroso e Dick Farney.


SARAU DOS TROVADORES URBANOS HOMENAGEIA ARY BARROSO E DICK FARNEY
Mais dois aniversariantes do mês são temas do grupo paulista de serenatas para as segundas-feiras de novembro


No mês da Proclamação da República, o grupo Trovadores Urbanos irá proclamar o amor, tema frequente ao longo desses 20 anos de sucesso. Em busca de homenagear grandes cantores e compositores, nos próximos dias 8 e 15 de novembro, as canções de Ary Barroso e Dick Farney serão interpretadas pelo grupo em um sarau animado, em Perdizes. 

Barroso era mineiro, Farney carioca, em comum o gosto pela boa música. O primeiro foi seduzido, também, pela boemia e quando terminou a faculdade de direito, após nove anos, já era um músico respeitado e gravado pelos maiores intérpretes da época, com as canções “Tabuleiro da Baiana” (1937), “Os Quindins de Yayá” (1941) e “Boneca de Piche”.

Enquanto isso, Dick Farney estreou no rádio em 1937 e não parou mais. Foi contratado pela Rádio Mayrink Veiga, para apresentar o programa “Dick Farney – a voz do piano”. Passou pela Orquestra de Carlos Machado, no Cassino da Urca, casa de shows mais prestigiada do Brasil e teve duas casas noturnas com seu nome a Farney’s e Farney’s Inn, ambas em São Paulo. Algumas canções são “A Saudade Mata a Gente” e “Alguém Como Tu”.

SERVIÇO
Data: 08/11 – 17h Sarau Ary Barroso
Data: 15/11 – 17h Sarau Dick Farney
Local: Rua Aimberê, 651, Perdizes.
Telefone: (11) 2595-0100
Vagas: 30 lugares.
Entrada franca

PROMOÇÃO TROVADORES - AMOR NAS ALTURAS - UM VOO DE HELICÓPTERO PELA CIDADE !!!

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

CARTOLA E VINICIUS DE MORAES RECEBEM HOMENAGENS DO GRUPO TROVADORES URBANOS

Compositores cariocas são homenageados pelo grupo paulista nas semanas em
que comemorariam seus aniversários.

Famosos por suas composições que atravessam décadas, Cartola e Vinicius de
Moraes serão os próximos homenageados do grupo Trovadores Urbanos neste mês.

Do alto do sobrado da Rua Aimberê, músicas como “As Rosas Não Falam” e
“Ternura” serão interpretadas pelos seresteiros para, no máximo, 30 pessoas.
A programação dos paulistas para as próximas segundas-feiras (11 e 18.10)
promete emocionar a todos e todas que têm sua história marcada pelas canções
desses cariocas que continuam vivos nas lembranças dos brasileiros.

O primeiro sarau aconteceu na última segunda-feira (04.10) em homenagem a
Altemar Dutra e foi um sucesso. Uma platéia de 30 pessoas, clientes e fãs,
aproveitaram um final de tarde com os Trovadores, cantando sucessos do
cantor.

A história dos Trovadores Urbanos com os dois compositores ultrapassa as
belas canções. Líderes de pedidos para serenatas, Cartola e Vinicius
continuam emocionando e, até mesmo os jovens embalam suas homenagens ao som
de músicas das décadas de 50 e 60.

Para a coordenadora dos Trovadores Urbanos, Maída Novaes, essas homenagens
são uma forma de manter viva a história da boa música brasileira. “Eles
marcaram décadas, trouxeram pureza nas letras e serão sempre lembrados. Essa
é uma forma de dizer muito obrigada pelo acervo musical e não menos cultural
que nos deixaram”.

SERVIÇOS:

SARAU EM HOMENAGEM A CARTOLA

Local: Rua Aimberê, 651, Perdizes.

Data: 11/10/2010

Horário: 17h



SARAU EM HOMENAGEM A VINICIUS DE MORAES

Local: Rua Aimberê, 651, Perdizes.

Data: 18/10/2010

Horário: 17h


INSCRIÇÕES:

Telefone: 11 2595-0100 – Falar com Diana

Somente 30 pessoas por sessão

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Com açúcar, com afeto, fiz seu doce predileto ....

Em novembro, Angélia e Luciano Hulck completam 6 anos de casamento. Bodas de açucar !



Doce pensar que a gente pode ter um amor assim.



Bodas significa promessa. Promessa que nos dias de hoje, para muitos , não vai para toda vida.



Mas os bons exemplos como o de Hulk e angelica, nos fazem suspirar...



Para quem está casando, para quem já casou, comemorar o aniversário de casamento é renovar esses votos.



Com 20 anos de carreira, especializados em grandes homengens , os Trovadores Urbanos estão em Outubro fazendo lindas serenatas para aniversários de casamento.



Com flores, doces palavras , músicas marcantes .



Cantando e contando aa histórias dos casais.



01º - Bodas de Papel

02º - Bodas de Algodão

03º - Bodas de Couro ou Trigo

04º - Bodas de Flores, Frutas ou Cera

05º - Bodas de Madeira ou Ferro

06º - Bodas de Açúcar ou Perfume

07º - Bodas de Latão ou Lã

08º - Bodas de Barro ou Papoula

09º - Bodas de Cerâmica ou Vime

10º - Bodas de Estanho ou Zinco

11º - Bodas de Aço

12º - Bodas de Seda ou Ônix

13º - Bodas de Linho ou Renda

14º - Bodas de Marfim

15º - Bodas de Cristal

16º - Bodas de Safira ou Turmalina

17º - Bodas de Rosa

18º - Bodas de Turquesa

19º - Bodas de Cretone ou Água Marinha

20º - Bodas de Porcelana

21º - Bodas de Zircão

22º - Bodas de Louça

23º - Bodas de Palha

24º - Bodas de Opala



25º - Bodas de Prata



26º - Bodas de Alexandrita

27º - Bodas de Crisoprásio

28º - Bodas de Hematita

29º - Bodas de Erva

30º - Bodas de Pérola

31º - Bodas de Nácar

32º - Bodas de Pinho

33º - Bodas de Crizopala

34º - Bodas de Oliveira

35º - Bodas de Coral

36º - Bodas de Cedro

37º - Bodas de Aventurina

38º - Bodas de Carvalho

39º - Bodas de Mármore

40º - Bodas de Esmeralda

41º - Bodas de Seda

42º - Bodas de Prata dourada

43º - Bodas de Azeviche

44º - Bodas de Carbonato



45º - Bodas de Rubi



46º - Bodas de Alabastro

47º - Bodas de Jaspe

48º - Bodas de Granito

49º - Bodas de Heliotrópio



50º - Bodas de Ouro



51º - Bodas de Bronze

52º - Bodas de Argila

53º - Bodas de Antimônio

54º - Bodas de Níquel

55º - Bodas de Ametista

56º - Bodas de Malaquita

57º - Bodas de Lápis-lazúli



58º - Bodas de Vidro

59º - Bodas de Cereja



60º - Bodas de Diamante



61º - Bodas de Cobre

62º - Bodas de Telurita

63º - Bodas de Sândalo





64º - Bodas de Fabulita

65º - Bodas de Platina

66º - Bodas de Ébano

67º - Bodas de Neve

68º - Bodas de Chumbo

69º - Bodas de Mercúrio

70º - Bodas de Vinho

71º - Bodas de Zinco

72º - Bodas de Aveia

73º - Bodas de Manjerona

74º - Bodas de Macieira



75º - Bodas de Brilhante ou Alabastro



76º - Bodas de Cipestre

77º - Bodas de Alfazema

78º - Bodas de Benjoim

79º - Bodas de Café

80º - Bodas de Nogueira ou Carvalho

81º - Bodas de Cacau

82º - Bodas de Cravo

83º - Bodas de Begônia

84º - Bodas de Crisântemo

85º - Bodas de Girassol

86º - Bodas de Hortênsia

87º - Bodas de Nogueira

88º - Bodas de Pêra

89º - Bodas de Figueira

90º - Bodas de Álamo

91º - Bodas de Pinheiro

92º - Bodas de Salgueiro

93º - Bodas de Imbuia

94º - Bodas de Palmeira

95º - Bodas de Sândalo

96º - Bodas de Oliveira

97º - Bodas de Abeto

98º - Bodas de Pinheiro

99º - Bodas de Salgueiro

100º - Bodas de Jequitibá




segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Promoção: contrate os Trovadores e concorra a buquês de flores!





Durante todo o mês de setembro, quem contratar os Trovadores Urbanos concorre a 5 lindos buquês de flores. Além disso, todas as serenatas ganharão uma flor durante este mês.

A promoção é válida para qualquer lugar do Brasil. Não perca tempo, contrate já uma serenata para quem você gosta!

Trovadores Urbanos promovem seresta especial de primavera todas as sextas.



Durante todas as sextas-feiras do mês de setembro, os Trovadores Urbanos vão atender pedidos de música, entregar flores e cantar para todas as pessoas que estiverem na frente da casa dos músicos.

A seresta especial de primavera está sendo super badalada, atraindo várias pessoas e até a atenção da imprensa. O show acontece das 20h às 22h e as luzinhas da casa dos Trovadores ficam todas acesas, para o deleite do público.
A sede dos Trovadores Urbanos fica na Rua Aimberê, 651, no bairro de Perdizes, em São Paulo/SP. Participe você também!

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Seresta de Sexta comemora centenário de Adoniran Barbosa


Se o senhor não tá lembrado, dá licença deu contá: Adoniran Barbosa, ou melhor, João Rubinato, seu nome de batismo, completaria se vivo, nesta sexta feira passada, dia 6 de agosto, 100 anos de idade.

Adoniran Barbosa era o caçula de sete irmãos, numa família de imigrantes italianos. Nasceu em Valinhos, interior de São Paulo, mas freqüentava bastante bairro do Bixiga, que é até hoje, um bairro tradicionalmente italiano. Esses imigrantes habitavam essa região e levavam uma vida humilde, na época havia lá muitos cortiços, com roupas penduradas em varais que ficavam entre os prédios, haviam diversas rodas de samba também. Adoniram trabalhou em diversos ofícios, dentre eles pintor, metalúrgico, garçom. Lançou-se como cantor/compositor já em 1930, mas não teve sucesso, começou a aparecer publicamente como ator em rádio e TV, fazia personagens Humorísticos e acabou assumindo o nome Adoniran Barbosa em 35, era o nome de um de seus personagens. Ele chegou a atuar no cinema com Mazzaropi e só estourou como músico a partir de 65, quando os Demônios da Garoa interpretaram sua canção “O trem das onze”, daí pra frente foi só sucesso.

Como Adoniran escrevia músicas que retratavam uma São Paulo quase atual nas relações sociais, falando dos bairros que conhecemos da vida cotidiana daqui, nós, amantes da metrópole, vamos reproduzir o clima das rodas de samba do Bixiga e, é claro, cantar suas canções mais lindas e geniais, tudo isso em sua homenagem.

Estaremos aqui para cantar e tocar!


Todas as sextas de agosto!! Apareçam!!



Seresta de Sexta comemora centenário de Adoniran Barbosa

Dias 09, 16, 23 e 30 de agosto

De 20 às 22 hora.


segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Trovadores Mirins homenageiam o poeta Paulo Bomfim



Com os Trovadores Urbanos a poesia está sempre presente na vida. Amamos poesia! Prestigiar nossos grandes poetas é um prazer. No dia 9 de junho os Trovadores Mirins emocionaram, fazendo uma homenagem ao poeta Paulo Bomfim e a artista plástica Adriana Florence, que lançavam a segunda edição de seu livro, “Cancioneiroem São Paulo, no Teatro CIEE. O livro, que tem 25 poesias de Paulo Bomfim e mais de 40 pinturas e desenhos de Adriana Florence, agora é lançado em sua 2ª edição, com apoio e patrocínio do BRADESCO Seguros e Previdência. Enquanto acontecia uma pequena exposição fotográfica, sobre ilustrações, processo de criação e design do livro, os artistas distribuíam autógrafos e simpatia. Os Mirins, acompanhados por Maída Novaes e Eduardo Santhana, estiveram lá e com muito gosto prestaram sua bela homenagem.



terça-feira, 8 de junho de 2010

Trovadores Urbanos no Estadão

Trovadores: 20 anos de boas histórias
Tietagem. Os quatro integrantes da formação original dos Trovadores Urbanos, todos amigos de Avaré, na Avenida Paulista (Foto: Paulo Liebert/AE)


De balde d'água na cabeça no início da carreira a uma infraestrutura com 50 pessoas, grupo hoje reconhecido nas ruas, como atestou passeio na Avenida Paulista, comemora trajetória com dois shows.
"Trovadores, eu gosto muito de vocês. Eu não gosto é do meu marido!", gritou a homenageada, atirando ternos, sapatos e discos pela janela, enquanto os seresteiros tocavam Volta, de Lupicínio Rodrigues. O marido ainda saiu de trás de um Fusca, para implorar pessoalmente a reconciliação, mas não teve jeito.

Em 20 anos, completados hoje, o grupo Trovadores Urbanos acumulou um repertório de casos com clientes e homenageados muitas vezes mais divertidos que as próprias apresentações. Já levaram balde d"água na cabeça, foram escorraçados, ridicularizados. Mas o amor venceu. Em sua primeira apresentação, em 1990, eles fizeram um delegado de polícia chorar de emoção.

O aniversário do grupo vai ser comemorado com dois espetáculos, hoje e amanhã, no Memorial da América Latina, e com o lançamento do CD Amor Até o Fim. Eles esperam receber 800 pessoas em cada dia.

Maída Novaes, coordenadora e espécie de porta-voz do grupo, não para de contar. "Um dia, a gente foi fazer uma serenata para um cara, e ele estava na sala, assistindo futebol na TV. Nem tomou conhecimento. Só perguntou para a mulher: "Quanto custou isso?""

Desde o começo, quando os quatro amigos de Avaré se juntaram por iniciativa de Maída, o grupo incrementou seu repertório de canções, aumentou substancialmente o cardápio de opções (de duetos a telegramas do amor) e multiplicou o número de apresentações. Agora, são 50 músicos, fazendo em média 400 apresentações por mês, a maioria aos sábados.

Se o início era só um quarteto mambembe, despretensioso, hoje os Trovadores Urbanos se autodenominam um "projeto". O grupo procriou também. Alguns elementos da segunda geração integram os Trovadores Mirins.

Na Paulista. A reportagem acompanhou os quatro seresteiros originais em uma volta pela Avenida Paulista, anteontem, em pleno movimento das 15h. Não bastasse a cantoria, eles ainda envergavam trajes de caipiras renovados, vestidos de festa, ternos e chapéus. Batata: todo mundo olhou, todo mundo perguntou do que se trata, todo mundo quis sair na foto.

Entre o Conjunto Nacional e o Parque Trianon, os trovadores juntaram muitos agregados. Perto do parque, a secretária aposentada Zuleide Braga, de 63 anos, se sentou para observá-los, acompanhando as músicas só com os lábios. Viúva, três filhos, ela disse que adoraria receber uma serenata. "Quem não gostaria?" Uma porção de gente. Maída e Valéria Caram, outra integrante, lembram de um homem que berrava "Vão emboraaaa!!!!", enquanto a mulher dele assinava, trêmula, o cheque para pagá-los.

Zuleide diz que, além da falta do namorado, um outro obstáculo torna uma serenata em sua homenagem praticamente inviável. "Moro no 11.º andar", diz ela, que vai prestar vestibular para Direito e estava a caminho do cursinho.

O estudante de Biomedicina Bruno Oliva, de 25 anos, que mostrava a Avenida Paulista a dois amigos de Rondônia, pediu para sair na foto com os trovadores. Um dos amigos, Alexandre Veloso, de 22, disse gostar de New Age e música Celta ("estilo Enia"). O outro, Elton Waldraff, de 21 anos, prefere afro. "Mas nunca tínhamos visto algo assim (serenata). É engraçado", afirmam eles.

Acostumados a reações extremadas, os Trovadores continuam a caminhar impávidos pela Paulista. Eles merecem o sucesso. Afinal, quem mais, como Maída (ela continua falando), contaria descontraidamente que chegou a ler cinco páginas de pedido de perdão, enquanto os amigos tocavam uma serenata?

Dia das Mães

As preferidas são Paz do Meu Amor (Luiz Vieira), Rosa (Pixinguinha) e Como é Grande o Meu Amor por Você (Roberto Carlos)

400Serenatas são feitas por mês pelos Trovadores Urbanos. O grupo já teve filiais no Rio, em Santos e em Campinas

R$ 300É o valor mínimo cobrado pelo grupo por uma serenata. Ela é realizada por um dueto As músicas imbatíveis são Volta (Lupicínio Rodrigues), Sozinho (Peninha) e Por Causa de Você (Dolores Duran e Tom Jobim)

Namorada (Carlinhos Lyra e Vinícius de Morais), Você (Tim Maia) e Eu Sei Que Vou Te Amar (Vinícius de Moraes)


segunda-feira, 7 de junho de 2010

SERENATAS DAS ANTIGAS - Veja São Paulo

Santhana, Maída, Valéria e Novaes: homenagens em ônibus, delegacia e salão de beleza, por Luiz Maciano

Trovadores Urbanos comemora duas décadas de carreira

Grupo lança o CD 'Amor até o Fim', o sétimo da carreira, e emociona o público com serestas à moda antiga

Por Carolina Giovanelli | 09/06/2010


Como você reagiria se recebesse a visita dos artistas na foto acima? Conhecido pela personalidade firme, um senhor desabou em prantos quando eles cantaram ‘Peguei um Ita no Norte’, de Dorival Caymmi. Outro não sabia onde se esconder, enquanto, ao lado de sua família, ouvia uma homenagem enviada pela amante. Durante o banho de sol, um presidiário derramou lágrimas ao som de músicas selecionadas pela mulher. No próximo sábado, 12, Dia dos Namorados, os Trovadores Urbanos comemoram duas décadas de atividade. Data melhor não poderia existir. Afinal, eles são conhecidos por derreter corações com serestas à moda antiga, sempre caracterizados com roupas do fim dos anos 20. Desde 1990, presenciaram uma série de situações excêntricas. “Tocamos em delegacia, ônibus, circo, táxi, salão de beleza e até cemitério”, diz uma das integrantes, Maída, que precisou interpretar em francês, japonês e italiano.

A comemoração conta com novo álbum, o sétimo da carreira, batizado de ‘Amor até o Fim’. Uma apresentação no Auditório do Ibirapuera está agendada para o dia 27. Nascidos em Avaré, no interior de São Paulo, os irmãos Maída e Juca Novaes faziam serenatas nas janelas alheias por influência da mãe, uma cantora de rádio. Aos 27 anos, a moça teve a ideia de levar a atividade para a capital. Em parceria com a conterrânea Valéria Caram e o músico paulistano Eduardo Santhana, a dupla publicou um anúncio e, de cara, três cantorias foram solicitadas. “Começamos como uma brincadeira, mas o negócio virou uma bola de neve”, lembra Novaes.

Hoje, a Trovadores Urbanos é uma empresa de sucesso. Além dos quatro artistas originais, que gravam CDs e participam de shows maiores, mais de quarenta pessoas fazem parte da equipe. Com o tempo, surgiram outras atrações, como a Enfermeira do Amor, a Fada Madrinha e o Coração Apaixonado. Por mês, são contratadas cerca de 400 dessas performances no Brasil inteiro, com formações de duas a vinte pessoas. Os preços vão de 60 reais, custo da mensagem via telefone, até 8 500 reais, pelo show da trupe original. Clientes estrelados, a exemplo de Xuxa, Ana Maria Braga e Antonio Fagundes, já tiveram um gostinho dos serviços do elenco. Um casarão em Perdizes abriga, há doze anos, a sede do empreendimento, além de servir de palco para uma serenata todas as sextas, das 20 às 22 horas. “É nosso jeito de agradecer a São Paulo pelo carinho”, afirma Maída. Desde 1995, uma nova geração de cantores, o conjunto Trovadores Mirins, composto de crianças de até 15 anos, também causa choradeira por aí. “Nem parece que passou tanto tempo”, diz Novaes. “Que venham mais vinte anos.”



Ana Maria Braga ganha serenata do marido

Por Dani Telles

Famosos circulando pelo Fashion Mall, ambientação medieval e uma longa fila de fãs à espera do autógrafo. Parecia perfeita a noite de lançamento de À Espera dos Filhos da Luz, primeiro livro de ficção de Ana Maria Braga. Mas, e o marido, Marcelo Frisoni, por onde andaria? Ele não conseguiu comparecer, mas não fez por menos: surpreendeu a apresentadora com uma serenata dos Trovadores Urbanos, que cantaram Eu Sei que Vou te Amar e amoleceram o coração da apresentadora. Não foi só isso. Com figurino anos 20, Maída Novais e Eduardo Santhana, contratados em São Paulo por Frisoni, entregaram a ela um buquê de rosas vermelhas e o cartão escrito por ele.

Trovadores Urbanos levam 1.600 pessoas ao Memorial






Lançamento do novo álbum “Amor até o Fim” lota auditório nos dois dias de espetáculo



Casa cheia e muita emoção marcaram o lançamento do novo CD do grupo Trovadores Urbanos, “Amor até o Fim”, no último fim de semana. Foram 1600 pessoas entre jovens, crianças e adultos que presenciaram um espetáculo envolvente e que surpreendeu todas as idades. Músicas como ‘Fato Consumado’ (Djavan), ‘Menina’ (Paulinho Nogueira) e ‘João e Maria’ (Sivuca/ Chico Buarque de Holanda) foram algumas das interpretações que fizeram a plateia suspirar. Além das músicas, o grupo apresentou presença de palco e o domínio artístico, com direção de Cris Ferri. Os arranjos e direção musical, que uniu o belo ao perfeito, ficaram por conta de Pichu Borreli.

Ao final do espetáculo o comentário era um só. “Ficaria mais duas horas ouvindo e apreciando uma boa música acompanhada de uma interpretação de qualidade”, disse Maria Olinda Perez, presença cativa nos dois dias de espetáculo.

Para Maída Novaes, coordenadora do projeto, a satisfação é imensa. “Esse espetáculo nos emociona, pois nesses 20 anos de carreira queríamos uma grande festa em comemoração e as duas noites no Memorial da América Latina foram de tirar o fôlego do grupo. Estamos até agora emocionados com o carinho do público”.

Mas, os Trovadores Urbanos não param. Agora eles se preparam para o grande show no Auditório Ibirapuera no próximo dia 27 de junho.


quarta-feira, 19 de maio de 2010





TROVADORES URBANOS LANÇAM NOVO CD

NO MEMORIAL DA AMÉRICA LATINA

“Amor até o Fim” relembra sucessos da década de 70

Uma história que começou em 1990 e até hoje leva romantismo para todos que gostam de homenagens à moda antiga.

No ano em que comemoram 20 anos de estrada, os Trovadores Urbanos lançam seu mais novo álbum “Amor até o Fim”.

Com um espetáculo no Memorial da América Latina o grupo promete emocionar e divertir o público com um repertório dos anos 70, além de músicas já gravadas pelo grupo ao longo de todos esses anos.

Uma mistura de ritmos brasileiros promete embalar as noites de 21 e 22 de maio.

O repertório do show traz , entre outras, Noite cheia de Estrelas ( Candido das Neves ) , Sonhos ( Peninha) , Fato Consumado (Djavan) e João e Maria (Chico Buarque de Holanda/ Sivuca) .

Direção musical e arranjos de Pichu Borreli e direção artística por Cris Ferri. Os figurinos ficam por conta de Graça Busko.

Da década de 90 até hoje os Trovadores Urbanos gravaram seis CDs e um DVD ao vivo, o grupo se apresentou em vários estados do Brasil e também em países como Portugal, Espanha, França e Emirados Árabes

Trovadores Urbanos e sua composição

Quarteto vocal: Maída Novaes, Eduardo Santhana, Lela Caram, Juca Novaes. Banda: Pichu Borreli (teclado), Claudio Duarte (violão), Pratinha (flauta e bandolim) e Pimpa (bateria).

Serviço

Sexta (21/5) e sábado (22/5) – 21h

Memorial da América Latina – auditório Simon Bolivar (876 lugares)

Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664, Barra Funda

Pedestre Portão 13

Estacionamento Portão 15 (ao lado do metrô Barra Funda): R$10

Tel: 3823.4600

Ingressos: R$ 15.00 (inteira) R$ 7,50 (meia entrada)

quarta-feira, 14 de abril de 2010

SERENATA DOS CORAÇÕES - NOVIDADE PARA O DIA DAS MÃES E TODAS AS FESTAS DO ANO !!!

Natura se antecipa ao Dia das Mães




Com um mês de antecedência, a Natura coloca no ar a sua campanha de Dia das Mães, que pretende enfatizar a força e singularidade do amor materno ao mesmo tempo em que sugere seus produtos como opções de presentes.

Criada pela Taterka, a campanha contempla uma série de ações em diferentes canais de mídia e entrou no ar oficialmente nesse domingo 11, no intervalo do Fantástico, da TV Globo.

No comercial, uma música (criada pela agência especialmente para essa campanha, que traduz a relação entre mãe e filhos) embala as cenas, que retratam diversos momentos de mulheres, de todas as idades, demonstrando seu amor e carinho a filhos de também todas as idades. O comercial, produzido pela TVC Televisão e Cinema, também terá versões de 30 e de 15 segundos. Uma vinheta, de sete segundos, também será exibida nos intervalos da novela Viver a Vida, da qual a Natura é patrocinadora oficial.

Além da TV, a música que embala o filme publicitário também será tocada nas rádios FM de São Paulo até o final de maio. A campanha também usará a internet como um importante canal de divulgação. A agência construiu um hotsite (clique aqui para acessar) que terá uma lista de opções de presentes para as mães, além de um espaço com as cifras da canção-tema para violão e teclado.

Para complementar a ação, a Natura também fará uma intervenção nas ruas de São Paulo com os Trovadores Urbanos, que interpretarão a canção em vagões do Metrô


segunda-feira, 29 de março de 2010

A Estrela Dalva no céu desponta....



Fazer serenata é uma coisa abençoada.

Hoje nós temos 10 trabalhos , espalhados por essa grande cidade.

Vamos pedir uma moça em namoro e cantar para um casal .

Uma linda reconciliação.

Nossa serenata hoje vai para Carlos Alberto Ferreira Braga

Salve, Braguinha !!

Comemoraria 103 anos e dizendo : “A vida só gosta de quem gosta dela!”

Abraços

TROVADORES URBANOS

quinta-feira, 25 de março de 2010

NOVIDADES !!!!


Queridos amigos,

Estamos comemorando 20 anos em 2010 e com muita festa !!!


Seresta de sexta

Serenata para a população de SP, da sacada da “Casa dos Trovadores”,

toda sexta de 2010 , de 20 às 22 horas .

Uma dupla sai na janela de 15 em 15 minutos

Muitas luzinhas coloridas, pipoqueiro na porta

RUA AIMBERE, 651, PERDIZES

TELEFONE 2595 0100


Novo projeto social

Em asilos da cidade de São Paulo

Tardes de domingo


Novo cd - Amor até o fim

Com canções dos anos 70

Lançamentos :

21 e 22 de Maio - 21 horas Memorial da América Latina

27 de Junho -19 horas, Auditório Ibirapuera

Um abraço


MAIDA NOVAES

TROVADORES URBANOS

EM NOME DE TODOS